Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui 13,1 milhões de desempregados, 892 mil a mais que no período anterior. Os números foram divulgados nesta sexta-feira, dia 29, e apresenta um aumento em relação ao trimestre antecedente. A taxa de desocupação no país é de 12,4% e taxa de subutilização é de 26,6% no trimestre encerrado em fevereiro de 2019, aponta o Pnad.

Os dados foram recordes para a população subutilizada (grupo que inclui desocupados), pessoas que poderia estar trabalhando mais horas semanais e os disponíveis para trabalhar, mas que não conseguem procurar emprego subiu para 27,9 milhões de pessoas. Esse foi o maior índice divulgado pelo IBGE, desde 2012.

Consequentemente, o número de pessoas desalentadas (que desistiram de procurar emprego) ou com mão de obra subutilizada também subiu nesse trimestre, cerca 4,9 milhões de brasileiros se encontram nessa condição. O número de pessoas que atuam em departamentos privados com carteira assinada permaneceu regular.

 Fonte: IBGE

Por: Bruna Falcão

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura