• Guia

Quase um ano após a criação da plataforma virtual do poupador, direcionado ao atendimento aos brasileiros afetados pelos planos econômicos das décadas de 1980 e 1990. Sendo assim, os poupadores tem dificuldade de acessar as plataformas digitas, criadas pelos bancos.

 

Em maio do ano passado, os bancos resolveram criar uma nova plataforma digital para que os poupadores pudessem aderir ao acordo, que prevê a compensação de perdas com planos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991). Este acordo previa que as adesões seriam realizadas em séries, conforme a idade dos poupadores. Vale ressaltar que, o limite de adesão ao acordo é de dois anos, ou seja, termina o ano que vem.

 

Alguns estão com dificuldade para ter o acesso a plataforma, devido a idade avançada. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), até a metade de abril, 150.579 poupadores haviam se cadastrado na plataforma. Desse total, 31.602 receberam os valores devidos, 11.332 estão em análise pelos bancos e uma quantidade expressiva de poupadores iniciaram o cadastramento, mas não concluíram a adesão.

 

Os brasileiros que tiveram suas economias afetadas, reclamam diariamente, pois os bancos demoram para efetuar os pagamentos e a plataforma tem serias dificuldade no desenvolvimento.

Fonte: Estadão

Por: Bruna Falcão 

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura