FGTS: Caixa irá considerar saldo 20 dias antes do saque emergencial

Caixa Econômica Federal comunicou que o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a ser considerado para o saque emergencial será o valor disponível na conta vinculada do trabalhador 20 dias antes do início do calendário de retiradas, com base na data de nascimento do favorecido.

O saque emergencial prevê a retirada de até R$ 500,00 por conta vinculada, seja ativa ou inativa. A medida começa a valer a partir de 13 de setembro e ficará disponível até março de 2020. Atualmente, há cerca de 260 milhões de contas ativas e inativas no FGTS.

De acordo com o banco, nascidos no mês de fevereiro, sem conta no banco, serão autorizados a efetuar o saque em 25 de outubro, o valor disponível será obtido no dia 5 daquele mês.

A instituição financeira informou também que ainda não há definição sobre o saldo a ser considerado no caso de o trabalhador aderir ao saque aniversário, que permitirá a retirada de um percentual de recursos anualmente, a partir de abril de 2020.

Fonte: Extra-Globo 

Por Carolina Silveira

Novas regras para habilitação de condutores serão aplicadas partir de 16 de setembro

 

O novo regramento do Conselho Nacional de Trânsito entra em vigor no dia 16 de setembro e valerá para todos os serviços que estiverem abertos.  Isso implica na  redução da carga horária de aulas práticas exigidas e o uso facultativo de simulador de direção.

 

As novas regras diminuirá o valor da primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em até R$ 315,85. Com a mudança, o candidato a primeira habilitação na categoria B terá que cumprir carga horária mínima de 20 aulas práticas (50 minutos cada). Se optar por fazer todas no carro, o valor mínimo passa de R$ 2.270,76 para R$ 1.954,91, uma redução de quase 14%.

 

Se o candidato optar pelo uso do simulador, desde que disponível no Centro de Formação de Condutores, poderá realizar até cinco aulas no equipamento e o custo total de R$ 1.965,76.

 

A habilitação para conduzir ciclomotor, veículo que a velocidade não passa de 50km/h, também teve carga horária reduzida. Passa de 10h/aula para 5h/aula. No entanto, para quem buscar a habilitação nos doze meses a partir da vigência (entre setembro de 2019 e setembro de 2020) poderá realizar somente os exames, ou seja, poderá escolher se deseja realizar as aulas.

 

Fonte: Portal do Estado do RS

Por: Carolina Silveira

Pagamento do abono salarial do PIS-Pasep 2019/2020 começa hoje

Começam nesta quinta-feira, dia 25, os pagamentos do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), exercício 2019/2020. A liberação do dinheiro para os cadastrados no PIS vai considerar a data de nascimento. No caso do Pasep, o calendário é definido pelo dígito final do número de inscrição. No caso do PIS, os pagamentos aos empregados da iniciativa privada que têm direito ao benefício serão feitos pela Caixa. 

O dinheiro pode ser retirado em qualquer agência da instituição em território nacional. O Banco do Brasil ficou responsável pelos recursos do Pasep - destinado a servidores públicos. Recentemente, o BB anunciou medidas para facilitar a retirada do dinheiro por correntistas de outros bancos. De acordo com a instituição, cerca de 1,6 milhão de beneficiários que não tem conta no banco poderão fazer uma transferência eletrônica disponível (TED) com custo zero. 

Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro receberão o abono do PIS ainda este ano. Já os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020. No caso do Pasep, os servidores públicos que tem registro com número final dentre 0 e 4 também recebem este ano. Os registros com final entre 5 e 9 receberão em 2020. A data para o fechamento do calendário de pagamento do exercício 2019/2020 está prevista para o dia 30 de julho de 2020. A estimativa é de que sejam destinados R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores.  

Confira o calendário

pis1

 

Fonte: Correio do Povo

FGTAS oferece mais de 2 mil vagas de emprego no Estado

A Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) promove uma ação nesta segunda-feira, dia 20, em 43 agências Sine. Em todo o estado, são mais de 2 mil vagas de emprego disponíveis. Durante a ação, as unidades de 40 cidades irão encaminhar os trabalhadores para as vagas disponíveis, para entrevistas de emprego e atividades de orientação profissional. A programação completa do evento está no site da fundação.

 

De acordo com o diretor-presidente da FGTAS, Rogério Grade, o principal objetivo é promover a empregabilidade no estado. Até o momento, 61% das vagas disponíveis não exigem experiência. As ocupações com os maiores números de vagas são alimentador de linha de produção (324), vendedor de comércio varejista (86), motorista de caminhão (80), embalador a mão (66) e servente de obras (65).

 

As agências Sine com os maiores números de vagas abertas, atualmente, são Caxias do Sul, Torres, Santa Maria, Carlos Barbosa e Cachoeirinha. Em relação aos salários, 50,2% das vagas variam de 1,5 a 2 salários mínimos; 24,1%, de 1 a 1,5; e 12% de 2 a 3 salários mínimos.

 

Será oferecido, exclusivamente, o serviço de intermediação de mão de obra, mas estão mantidos os serviços de encaminhamento de seguro-desemprego e de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) que estavam agendados. As agências que não dispõem de programação especial terão atendimento normal de todos os serviços.

Fonte: G1

Por: Victor Silva

Cartão do Caminhoneiro entrará em vigor na próxima semana

 

Na quinta-feira, dia 16, o presidente Jair Bolsonaro informou em transmissão no Facebook, que o Cartão do Caminhoneiro entrará em testes no dia 20 de maio, primeiramente nos estados de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro, chegando aos demais no final do mês de junho.

 

O intuito do cartão é beneficiar os caminhoneiros, de modo que possibilite a compra de diesel a preço fixo. Como explicou o ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque, também presente durante à transmissão.

 

“Cartão esse que possibilitará mais segurança, facilidade e flexibilidade e garantir o preço do combustível, na forma de um cartão pré-pago, por até 30 dias. Se o preço subir, o caminhoneiro vai ter a garantia do preço do diesel e, se o preço cair, ele pode pegar o dinheiro do cartão pré-pago e comprar mais combustível e assim utilizá-lo”, ressaltou Albuquerque.

 

A transmissão aconteceu diretamente da cidade de Dallas, nos Estados Unidos, onde Bolsonaro está hospedado, cumprindo agenda.

 Fonte: O Sul

Por: Cristiano Ritzel

Bolsonaro apela para redução de juros para setor agrícola ao Banco do Brasil

Na segunda-feira, dia 29, o presidente Jair Bolsonaro pediu a Rubem Novaes, presidente do Banco do Brasil, uma diminuição de juros aos produtores rurais. Bolsonaro fez o pedido durante o Agrishow, evento do setor agrícola, em Ribeirão Preto, onde também anunciou R$ 1 bilhão para o seguro rural.

Bolsonaro afirmou também que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), prometeu colocar em votação um projeto que irá permitir à posse de arma de fogo aos produtores rurais no perímetro da sua propriedade.

Fonte: O Sul

Por: Cristiano Ritzel

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura