• Guia

Entidades de São Borja trabalham em campanha para final do ano

A Associação Comercial, Industrial, de Prestação de Serviços e Agropecuária de São Borja - ACISB  e a Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL, juntamente com o Sindilojas e Senac estão se mobilizando para organizar a campanha de incentivo às vendas no período de final de ano.

A ideia para 2016 é trabalhar com decoração através de matérias reciclados. As entidades vão promover um curso para capacitar as pessoas para trabalhar com ornamentação.

O Sindilojas ficou responsável pela aquisição dos produtos que irão dar o colorido para as peças confeccionadas. A dificuldade maior está na coleta das pets, pois  para a realização de um curso de 40h são necessárias aproximadamente 20 mil unidades das garrafas.

A seleção das pessoas a serem capacitadas será de responsabilidade das entidades envolvidas, mas a proposta é focar em setores mais vulneráveis da sociedade, no qual sejam encontradas pessoas que estejam dispostas a realizar a ornamentação da cidade no período do final de ano.

 Por Letícia Beilfuss

Fonte Acisb

Contrato para construção da sede do Senac São Borja foi assinado

A assinatura ocorreu na quarta-feira, dia 24, na sede da Fecomércio-RS, em Porto Alegre. A sede do Senac São Borja será construída na rua General Canabarro, esquina com a avenida Presidente Vargas, em frente ao Hospital Ivan Goulart em terreno cedido pelo município. A expectativa é de que as obras comecem em setembro e durem cerca de seis meses.

A solenidade de assinatura contou com a presença do presidente do Sindilojas, presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, Luiz Carlos Bohn; do diretor regional do Senac-RS, José Paulo da Rosa; do diretor regional do Sesc-RS, Luiz Tadeu Piva, o diretor da Siscobras, Eduardo Deboni; do vice-presidente da Fecomércio-RS e presidente do Sindilojas, em São Borja, Ibrahim Mahmud; bem como executivos e gerentes das duas organizações.

 Por Rodrigo Nogueira

Fábrica de pellets de madeira deverá ser construída em São Borja

Depois de vencer diversos obstáculos burocráticos a implantação de uma planta industrial de pellets de madeira no município de São Borja está próximo agora de ser concretizado.

É o que informa a Agência de Desenvolvimento de São Borja (ADSB) que vem articulando há mais de três anos a vinda do projeto para a cidade.

Ainda segundo a ADSB, a nova empresa formada para assumir o empreendimento tem o nome de Pellets do Brasil Indústria e Comércio Ltda e que vai utilizar no mercado internacional a denominação de Wood Pellets do Brasil.

Conforme a Agência, o objetivo no futuro é desenvolver parcerias com produtores locais para começar a plantar o pinus para abastecer a unidade industrial.

Surgindo assim, uma nova cultura agrícola e altamente rentável no município. Ou seja, o plantio de florestas específicas para a produção de pellets, sendo a vida útil da árvore estimada em 6 ou 7 anos. Fazendo desta maneira, um ciclo completo de plantio para abastecimento deste complexo industrial.

Mais informações na Folha desta quarta-feira, 13 de julho

 

Intenção de Consumo das Famílias cai 21% em relação a julho de 2015, diz CNC

A Intenção de Consumo das Famílias ficou estável na passagem de junho para julho deste ano com 68,7 pontos, segundo informou hoje (13) a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). No entanto, na comparação com julho de 2015, houve queda de 21%. Segundo a CNC, a confiança do consumidor permanece baixa e a recuperação deve acontecer lentamente, já que as famílias ainda estão muito endividadas.

Na comparação com junho deste ano, quatro dos sete componentes alcançaram resultado positivo. Os consumidores estão mais satisfeitos com o seu emprego atual (1,2%), com a perspectiva profissional (0,6%), com o nível de consumo atual (1,2%) e com a renda atual (0,1%).

No entanto, há menos motivação para a compra a prazo (-0,8%), para a perspectiva de consumo (-1,4%) e para a compra de bens duráveis (-2,2%).

Na comparação com julho de 2015, os sete componentes registraram piora: emprego atual (-10%), perspectiva profissional (-9,8%), nível de consumo atual (-34,5%), renda atual (-18,9%), compra a prazo (-25,5%), perspectiva de consumo (-29,7%) e momento para a compra de bens duráveis (-31,3%).

 

Fonte: Agência Brasil

Prefeitura debate situação aduaneira com despachantes do município

O prefeito Farelo Almeida e secretários municipais reuniram-se na terça-feira, dia 14, com representantes dos despachantes aduaneiros.

Também participaram do encontro, o presidente da Acisb, Pedro Quoos e o gerente da empresa Integração, Vicente Abrantes.

O objetivo do encontro foi discutir demandas das empresas despachantes e de usuários da aduana. Entre as pautas, estavam o contingente reduzido de veterinários que prestam serviço para a Anvisa, sobre a Delegação de Controle da Ponte (Delcon); o alfandegamento do porto de São Borja; o transporte coletivo utilizado pelos funcionários do Centro Unificado de Fronteira; a melhoria da estrutura oferecida pela Mercovia aos caminhoneiros: e o fortalecimento da imagem do município como porto seco.

Mais informações na Folha desta quarta-feira, 15 de junho

 

Estado promove palestra e expões ações para desenvolvimento da Fronteira

Encontro aconteceu na noite de terça-feira, dia 31 de maio, na Câmara Municipal, e foi ministrado pelo diretor da secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, Leonardo Gonçalves.

Além de divulgar ações de incentivo do governo para investimentos na região, ele também prometeu apoio a ações de integração entre São Borja e Santo Tomé.

Entidades e universidades participaram da palestra, além de um representante de Santo Tomé.

Maiores informações na Folha deste sábado, 4 de junho

 

 

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: folhadesaoborja@gmail.com

assinatura