Protesto contra o governo mobiliza segurança pública

Dezenas de integrantes da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros e Susepe e seus familiares se mobilizaram na manhã desta segunda-feira, dia 16, a partir de concentração no Parcão. Após seguiu-se carreta pelo centro da cidade indo até a Brigada Militar onde foi montado acampamento.

 

O protesto é contra o pacote de reforma administrativa do governo do Estado que está na Assembleia e que retira benefícios de servidores da segurança pública.

Matéria completa na edição de quarta-feira, dia 18, na Folha de São Borja.

Anvisa libera a venda de remédios à base de maconha

Nesta terça-feira, dia 3, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), aprovou por unanimidade a regulamentação e o registro da venda de medicamentos à base de cannabis em farmácias do Brasil. A medida deve começar a vigorar no comércio daqui a 90 dias e o medicamento poderá ser comprado através de receita médica. Segundo a Anvisa, a medida deve melhorar a vida de diversos pacientes.

 

Hoje há cerca de 14 mil pedidos em andamento para importação do medicamento. Neste ano, a agência já recebeu cerca de 5.321 pedidos de compra de compras do medicamento com cannabidiol. Atualmente, no Brasil, existe apenas um produto registrado. O único remédio, chamado 01 Mavatyl, custa em torno de R$ 2.800.

 

A maconha contém dois tipos de substância, o Tetrahidrocanabinol (THC) e o Canabidiol (CBD). O THC é a substância responsável pelos efeitos psicoativos e neurotóxicos. Já a CBD possui propriedades terapêuticas que fazem bem para o organismo. O CBD é utilizado nos medicamentos. De acordo com a Anvisa, em remédios com concentrações de THC menores de 0,2%, o medicamento deverá ser prescrito com numeração fornecida pela vigilância sanitária e exige renovação da receita em até 60 dias. Acima do percentual, o receituário seria do tipo A, semelhante ao da morfina.

 

As empresas que quiserem produzir a medicação devem tenha autorização de funcionamento específicas. Além disso, a mesma deve possuir certificado de boas práticas de fabricação, que deve ser emitido pela própria Anvisa.

 

 Fonte: Uol/Correio do Povo e SPDM

Por: Erika Dal’Carobo

Polícia ambiental fiscaliza pesca durante a piracema no Rio Uruguai

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entre os dias 25 e 28 de novembro, a Patrulha Ambiental Rural (PATRAM) realizou uma ação de fiscalização da pesca ilegal durante a piracema no Rio Uruguai. Na ocasião, foram apreendidos cerca de 2.000 metros de redes de pesca, 500 metros de espinhéis, um motor de popa e outros utensílios de pesca. Além disso, foram encontrados cinco peixes da espécie dourado e um da espécie surubim. No total foram 37kg de pescado apreendido.

 

A piracema ocorre entre os meses de outubro e março e é de extrema importância para a reprodução dos peixes, visto que estes precisam nadar contra a correnteza até a cabeceira dos rios, onde se reproduzem. Alguns dos peixes podem percorrer até 600 km para realizar a procriação.

 

A pesca durante esse período é crime. A ação realizada vasculhou por volta de 150km do Rio Uruguai. Os peixes apreendidos, que estavam aptos para consumo, foram doados pela Polícia Ambiental para uma escola de Garruchos.

 

 

Fonte: Grupo Fronteira Missões/Superinteressante

Por: Erika Dal’Carobo

Festival Art Food Truck já está em São Borja

O Festival Gastronômico Art Food Truck, que começou na quinta-feira, dia 21, vai até o dia 24 de novembro, domingo, no Parque General Vargas (Parcão). Nesta sexta-feira vai das 18h às 00h e no sábado e domingo vai das 14h até às 00h. O evento traz novamente à cidade de São Borja diversos veículos que funcionam como restaurantes e que oferecem diversos tipos de comida.

 

O festival é organizado pela Chord Eventos com apoio da Prefeitura Municipal de São Borja. O evento já passou por diversas cidades do Rio Grande do Sul, como Uruguaina, Espumoso e Carazinho. Além da comida, o evento ainda conta com outras atrações para as crianças, como cinema 6D, Maria Fumaça e brinquedos infláveis.

 

Para mais informações é só acessar a página do Festival no Facebook https://www.facebook.com/artfoodoficial/.

Fonte: Divulgação

Por: Erika Dal’Carobo

Cinesolar chega em São Borja no dia 29 de novembro

O Cinesolar é um projeto sustentável e o primeiro cinema itinerante que utiliza energia solar, de forma limpa e renovável, em suas exibições. Em São Borja, a exibição será feita no dia 29 de novembro, a partir das 19h15min, no Parque General Vargas (Parcão) e contará com o filme “Turma da Mônica – Laços”.

 

O furgão que comporta a estrutura é composto por diversas placas solares que são as responsáveis pela produção da energia que possibilita as projeções dos filmes, dando à estrutura cerca de 20 horas de autonomia energética. Sendo assim, o projeto consegue exibir filmes nas regiões mais remotas do país, como locais que não possuem energia elétrica. O projeto, que funciona desde 2013, tem como um de seus objetivos exibir filmes nacionais e democratizar o acesso ao cinema para todos. Seu lema é “arte, sustentabilidade e cinema”.

 

Para mais informações é só acessar o site da equipe: www.cinesolar.com.br.

 

De acordo com a organização, em caso de chuva, o evento será realocado para o Centro Espírita Ferreira de Moraes.

Fonte: Prefeitura/Organização do Cinesolar

Por: Erika Dal'Carobo

Carteira de trabalho impressa não será mais emitida no RS

A partir do dia 13 de dezembro, as carteiras de trabalho impressas não serão mais emitidas no Rio Grande do Sul. O documento que antes era físico, agora deve ser apresentado apenas em sua forma digital. A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do RS (SRTE – RS), comunicou que cerca de 120 agências FGTAS/Sine e Balcão Cidadão, que prestam serviço de encaminhamento da Carteira de Trabalho na forma física, encerrarão suas atividades.

 

De acordo com a portaria nº 1.065, de 23 de setembro de 2019, a Carteira de Trabalho Digital equivalerá totalmente a sua versão física. Além disso, ela estará previamente emitida a todos os inscritos no Cadastro de Pessoa Física (CPF), sendo necessária apenas sua habilitação.

 

As carteiras impressas só serão produzidas para os trabalhadores contratados por microempreendedores individuas, até janeiro de 2020, conforme garantido obrigatoriamente pela eSocial.

 

A carteira de trabalho digital pode ser conferida em qualquer dispositivo, sendo computador ou celular, que tenha acesso à internet. Ela pode ser acessada no site do Governo Federal ou pelo aplicativo disponível na Play Store e App Store. O processo é inteiramente gratuito.

 

 

O cadastro para habilitação da Carteira de Trabalho Digital pode ser feito pelo link: Acesso.gov.br.

 

 

Fonte: Portal do Estado do RS

Por: Erika Dal’Carobo

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura