Os professores da rede estadual, que optaram por encerrar a greve na última sexta-feira, paralisam novamente as atividades nesta terça-feira. Os integrantes do magistério se reúnem em Porto Alegre para manifestar contra as pautas do governo Sartori que entram em votação, hoje, na assembleia legislativa. Entre os projetos está o que aumenta o ICMS, a alteração na lei de responsabilidade fiscal e a realização de mudanças na previdência complementar dos servidores.

Professores de São Borja participam da mobilização na Capital. A diretora do CPERS, em São Borja, Fátima Contreira, destaca que neste momento é muito importante a união dos professores, para evitar que esses projetos sejam aprovados pelos deputados. De acordo com Fátima, a pressão dos integrantes do magistério e de outras categorias pode evitar que as pautas sejam implementadas pelo governo estadual.

Apesar da mobilização a maioria das escolas realiza suas atividades normalmente:

Apparício Silva Rillo Aula normal

Arneldo Matter Não tem aula em nenhum turno

Colégio Estadual São Borja Aula normal

Getúlio Vargas Aula normal

Olavo Bilac Manhã e tarde não tem aula. Turno da noite aula normal

Padre Francisco Garcia Turno da manhã e noite tem aula normal e a tarde não sabe

Tusnelda Lima Barbosa Aula normal

Já os órgãos responsáveis pela segurança aguardam a definição de uma assembleia que acontece nesta tarde. A Polícia Civil atende normalmente. A Susepe acatou a decisão do sindicato e paralisou algumas atividades, como serviço de advogados e carteira de visitante para os familiares. O serviço médico é normal.

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura