• Guia

Começa nesta quarta-feira, dia 15 de março, a greve do magistério estadual por tempo indeterminado. Além de protestar contra as reformas da Previdência, Trabalhista e do ensino médio, que são temas nacionais, os professores gaúchos ainda lutam contra o parcelamento de salários por parte do governo, pelo pagamento do piso nacional e por melhorias nas condições de trabalho.

Greve Nacional

Dia 15, começa também a greve nacional por tempo indeterminado dos trabalhadores em educação de todo o país. A mobilização da CNTE e entidades filiadas conta como principais reivindicações o fim ao golpe de Estado no Brasil, a não aprovação da reforma previdenciária e pelos investimentos necessários e previstos no Plano Nacional de Educação (PNE).

O protesto terá como foco alertar a população para os malefícios que a Reforma da Previdência trará aos trabalhadores caso seja aprovada no Congresso Nacional.

 

 

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura