Segundo a Cpers, sindicato que representa os professores da rede pública estadual, faltam 866 educadores nas salas de aula em todo o Rio Grande do Sul. Cpers também mostra carência 563 de pessoal para trabalhar em outros setores, como informática, biblioteca, laboratórios, robótica e supervisão. As disciplinas que mais afetadas são português e matemática.

 

A Secretaria Estadual de Educação assegura que está solucionando o problema da falta de professores, e culpa situação ao ingresso de 30 mil novos alunos e troca de diretores das escolas. Para o governo gaúcho, a ideia é dar prioridade para o atendimento dos estudantes em sala de aula, em desvantagem de outros setores.

 

Algumas escolas da cidade de Caxias do Sul e Santa Maria estão com uma grande falta de professores, alguns alunos chegam a não ter aula por dias consecutivos, além de sala de informática e biblioteca fechadas.

 Fonte: G1

Por: Bruna Falcão

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura