Semana começa com tempo bom e temperaturas baixas

A semana começa com sol e temperaturas mais baixas em áreas da Fronteira com o Uruguai e no Oeste. Ao longo da tarde as temperaturas sobem.

No final de semana a passagem de uma frente fria trouxe chuva e temporais isolados em Porto Alegre e região metropolitana.

A previsão do tempo para esta segunda-feira, em São Borja, é de céu claro e poucas nuvens, segundo a Somar Meteorologia. No amanhecer os termômetros registraram 9º.

Ao longo do dia devem chegar aos 20°.

Sol e temperaturas mais baixas marcam a quarta-feira

A quarta-feira começa com chuva na maior parte do Rio Grande do Sul. Em São Borja o dia começou com sol e temperaturas mais baixas. Ao amanhecer os termômetros registraram 11,5º.

Segundo a Somar Meteorologia, a previsão para hoje é de tempo seco e céu claro. A temperatura não deve passar dos 20º ao longo do dia.

Semana começa com tempo instável

Nesta segunda-feira (17) o tempo será instável na maior parte do Rio Grande do Sul. Há previsão de chuva para a metade Sul e Oeste.

Nas demais áreas as precipitações são isoladas com períodos de sol. Segundo a Somar Meteorologia, a previsão para São Borja é de tempo nublado variando com pancadas de chuva.

As temperaturas variam de 17º a 24º. Na quarta-feira a instabilidade se afasta e o sol volta a aparecer.

Confira a previsão do final de semana

A sexta-feira deve ser de sol em algumas partes do Rio Grande do Sul. Já o final de semana deve ser chuvoso em todo o estado e as temperaturas não devem subir muito, em relação aos últimos dias.

Segundo a Somar Meteorologia, a previsão para o final de semana, em São Borja, é de tempo nublado com possíveis pancadas de chuva. As temperaturas variam de 15º a 25º.

Animais precisarão de exames para participar da Semana Farroupilha

Nesta semana, a Secretaria da Agricultura e Pecuária reuniu entidades tradicionalistas para debater os desfiles da semana farroupilha. A preocupação da Secretaria diz respeito ao mormo no Rio Grande do Sul.

No momento, não existem novas confirmações da doença, mas dez casos aguardam a contraprova. A partir de agora, é necessário que todos os eventos que impliquem na reunião de animais, como cavalgadas e desfiles, tenham a guia de trânsito para equinos, chamada de GTA.

Apesar de algumas cidades discutirem a possibilidade de cancelar o desfile, nem o governo e nem o MTG vão proibir a realização do evento.

Porém, cada proprietário de cavalo deve providenciar a documentação e realizar os exames necessários, em especial o negativo para Mormo.

A doença

O mormo foi registrado pela primeira vez este ano no Rio Grande do Sul. A doença é causada por uma bactéria que ataca equinos e seres humanos. A gravidade da enfermidade se dá por vários motivos.

O primeiro é que não há vacina para combatê-la. Uma vez que o animal é diagnosticado com a doença, a única saída é o sacrifício. Mais grave ainda é que ela pode ser transmitida para o ser humano e também não há cura.

As principais implicações são febre, úlceras na mucosa nasal, descarga nasal purulenta ou sanguinolenta, abcesso nos linfonodos e dispneia.

Greve do INSS não tem previsão para terminar

E continua sem previsão de encerramento a greve dos funcionários do INSS nas agências de todo o país. A paralisação dos funcionários começou no início de julho.

Em nota, o Ministério da Previdência garantiu que os segurados não terão prejuízo financeiro porque o que vale na concessão dos benefícios é a data do agendamento inicial.

Se o atendimento for adiado, as pessoas vão receber os valores atrasados quando conseguirem fazer a perícia. O gerente do INSS em São Borja, Márcio Carpes, informa que as perícias estão acontecendo normalmente.

Na próxima semana novas reuniões serão realizadas para debater o futuro da mobilização.

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura