Brigada Militar protesta na BR 472

Assim como em outras cidades, em São Borja, no final de semana, um protesto aconteceu no trevo de acesso a BR 472.

Como forma de manifestação a Brigada Militar utilizou um boneco fardado, faixas e objetos que foram queimados no local. Essa foi à única mobilização realizada pela BM no munícipio.

Em Santiago, na madrugada de sábado, a BM também protestou na BR 287, Km 399.

Associação tenta retomar pesca de espécies proibidas

Novos dados apontam que ainda vai demorar a liberação da pesca do dourado e surubi, suspenso desde 2002, nos rios da Bacia Hidrográfica do Uruguai.

Há alguns anos os pescadores da região tentam a liberação, mas o Departamento de Recursos Hídricos da Secretaria Estadual do Meio Ambiente argumenta que ainda é preciso uma análise técnica.

Em São Borja, há vários anos, como fizeram durante o governo Yeda Crusius, a Associação dos Pescadores e a Colônia Z-21 vêm tentando retomar as atividades. Um dos argumentos é que esses peixes já foram recompostos.

Segundo o Presidente da Associação, Idalêncio Silva Mello, quase 300 pescadores artesanais estão cadastrados no município e estariam enfrentando dificuldades já que as enchentes constantes atrapalham os trabalhos.

Aulas iniciam na próxima semana, mas professores podem paralisar as atividades

O retorno das atividades escolares, da rede municipal, iniciam na próxima segunda-feira (3). Devido à enchente do rio Uruguai e às dificuldades do serviço de transporte escolar, as férias foram antecipadas para 16 de julho, uma semana antes do previsto.

Segundo a secretária da Educação, Maria Denise Lunardine do Amaral, o calendário foi ajustado e todas as aulas previstas serão ministradas.

Devido à enchente, a escola municipal República Argentina foi utilizada para abrigar famílias atingidas e na escola Francisco Miranda foram realizadas refeições para distribuir aos desabrigados.

Rede Estadual

Nas escolas da rede estadual as aulas do segundo semestre letivo também começam na próxima segunda-feira. No entanto, professores e funcionários da escola poderão paralisar atividades na segunda, se o governo do Estado atrasar ou parcelar o salário de julho.

Para 18 de agosto, o Cpers, sindicado dos trabalhadores em educação, tem programada assembleia geral e uma das hipóteses é a deflagração de greve.

As férias na rede estadual foram de duas semanas aos estudantes e os professores tiveram uma semana de jornada pedagógica.

Temperatura pode chegar aos 30º na Fronteira Oeste

O calor e o sol continuam predominando sobre o Rio Grande do Sul nesta quarta-feira. Chuvas estão previstas apenas para o sul, nas demais áreas o tempo segue firme.

As temperaturas continuam subindo e à tarde os termômetros podem chegar aos 30° na Fronteira Oeste.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) o clima vai continuar estável nos próximos dias.

Terça-feira será de tempo fechado

A previsão para esta terça-feira (28) é de tempo nublado e chuva na fronteira com o Uruguai.

O dia começa com forte nevoeiro e pela manhã as temperaturas ficam mais baixas, à tarde chegam aos 26°, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). As temperaturas variam de 13° a 26°.

Instabilidade se afasta nesta terça-feira

A previsão para esta terça-feira (20) é de tempo instável no extremo sul do Rio Grande do Sul, mas de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em São Borja, o sol deve retornar, deixando o tempo seco.

A umidade relativa do ar fica entre 60% e 95%. As temperaturas baixam, fazendo com que as máximas não ultrapassem os 15° ao longo do dia. Ainda, de acordo com o Inmet, as precipitações devem retornar na sexta-feira.

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura