Na próxima semana, de 12 a 16 de agosto, São Borja terá mais uma edição do Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa). As preocupações, por ser região fronteiriça, se referem a riscos como dengue, febre chikungunya e zika vírus. As atividades serão desenvolvidas por agentes da Secretaria Municipal de Saúde e da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde.

 

O Serviço de Vigilância Sanitária da Saúde municipal destaca que, em alguns lugares poderão ter duas visitas em poucos dias, pois uma das visitas é decorrente do trabalho de rotina da equipe e outra em função da operação de iniciativa do Ministério da Saúde.

 

Como o levantamento será por amostragem, os locais de inspeção sanitária são definidos por sorteio. De todos os pontos monitorados pelos agentes, o LIRAa coleta materiais em 20% na região Centro-Sul da cidade e nos bairros Pirahy e José Alvarez. No bairro do Passo e nas vilas Umbu a abrangência é de 50% dos locais.

 

A Secretaria Municipal de Saúde treinou a equipe técnica e mantém um laboratório próprio para o trabalho de controle do Aedes aegypti. Portanto, não é mais necessário depender do Laboratório Central do Estado ou da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde. Isso significa uma maior facilidade para retirada dos laudos dos exames.

 

Fonte: Decom/Prefeitura

Por: Carolina Silveira

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura