Com organização do CPERS, os professores estaduais, em parceria com a comunidade de São Borja, realizaram um ato referente a greve dos docentes. A chamada Passeata Iluminada ocorreu no dia 29 de novembro, às 20 horas, no Parque Esportivo General Vargas (Parcão). Os participantes andaram pelas ruas de com lanternas e seus celulares em mãos em forma de protesto.

 

Uma das participantes do movimento, a diretora do 16º núcleo do CPERS, Maria de Fátima Contreira, afirma que o ato reafirma a luta dos professores. “Nós estamos aqui exatamente para mostrar para o governo que nós não concordamos com o que o governo está fazendo com os servidores públicos” diz a diretora.

 

De acordo com Maria de Fátima, na região do 16º núcleo, que abrange cinco cidades, são 16 escolas totalmente paralisadas. Na cidade de Itaqui, todas estão paralisadas. Para ela, é muito importante o apoio da comunidade para fortalecer a causa.

 

Um dos alunos presentes na ocasião, estudante do 2º ano do ensino médio, Daniel Dorneles, diz que os professores estão ensinando os alunos a lutarem pelos nossos direitos. De acordo com ele, o apoio na luta dos professores é de extrema importância. “Não podemos deixar os professores lutando sozinhos, sendo que eles estão perdendo seus direitos”, afirma o aluno.

 

Os professores contam também com o apoio dos estabelecimentos da cidade. Muitas lojas do comércio colaram cartazes em suas faixadas com os dizeres: “Este estabelecimento apoia os professores”. Em apoio, a Câmara de Vereadores do município também promoveu uma moção de repúdio aos cortes.

 

Fonte: CPERS

Por: Erika Dal’Carobo

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura