Abandono de animais: Um problema social em São Borja

Na segunda-feira, dia 27, ocorreu na Câmara de Vereadores de São Borja a audiência pública sobre a situação da Associação dos Colaboradores e Protetores dos Animais de São Borja (ACOPASB).

O objetivo desta audiência foi discutir o abandono dos animais na cidade e a condição precária da ACOPASB, pois o local abriga 550 cães, mas a estrutura suportaria apenas 200.

Segundo Celso Lopes, vereador de São Borja, a importância de discutir esse assunto é mostrar como se encontra o canil e alertar sobre os cuidados que se deve ter com os animais, sendo assim, “foi organizado com o intuito de fazer um chamamento para reduzir esse problema”, diz Celso.

A presidente da ACOPASB, Jane Pozza Garcia, acredita que o canil está lotado, porque as pessoas gostam dos animais quando filhotes, porém, ao necessitarem de maiores cuidados, o humano perde o interesse e abandona o animal.

Por Ricardo Godoy

3ª Etapa da Expedição com a jangada Tape I Iandê encerrou-se no sábado

O encerramento da terceira etapa da expedição Jangada Tape I Iandê, aconteceu na tarde de sábado, dia 25, junto à sede do Iate Clube Bernardino Ferreira, realizada pela ONG Terra Verde, de Santa Rosa, com o objetivo de conscientizar a população ribeirinha sobre a importância da preservação do rio Uruguai e das matas ciliares.

 

A expedição da ONG começou no domingo, dia 19 de março, em Porto Mauá, passando ao longo da última semana nas cidades de Alecrim, Porto Vera Cruz, Porto Lucena, Porto Xavier, Pirapó, Roque Gonzales, São Nicolau, Garruchos e São Borja.

 

O projeto consiste em reunir ecologistas, ambientalistas e, estudantes e comunidades em geral, das margens do rio Uruguai para destacar a preservação das águas e de suas margens. Os integrantes da expedição viajam na Jangada Tape I Iandê, que é movida a pedal como forma de evitar jogar dejetos nas águas e no meio ambiente.

 

Começaram as obras da Estação de Tratamento de Esgoto da Corsan

Depois da assinatura da ordem de serviço pelo governador José Ivo Sartori no dia 28 de janeiro, no Centro Nativista Boitatá, estão começando efetivamente as obras de ampliação e modernização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Corsan em São Borja.

O prefeito Eduardo Bonotto aproveitou a quinta-feira, dia 23, para acompanhar e vistoriar o início das obras da Estação, no bairro Jóquei Clube. A previsão da Corsan é contemplar mais de 50% da cidade com obras de saneamento nos próximos meses.

Liminar impede novas contratações de serviço pela Vivo em São Borja

A pedido do Ministério Público, a Justiça deferiu, na última quinta-feira, dia 16, liminar em ação civil pública ajuizada para que a operadora Telefônica Brasil S.A. (Vivo) providencie imediatas melhorias em sua estrutura de cobertura de sinal de voz e de dados (3G).

  

A operadora fica impedida de celebrar novos contratos e de ativar novas linhas telefônicas até que melhore seu atendimento. O prazo para execução de obras de melhorias é de 60 e caso não cumpra a Vivo poderá ter que pagar multas que vão R$ 5 mil a R$ 100 mil.

 

Nota à imprensa

A Vivo informa que as possíveis oscilações nos seus serviços na região de São Borja são provocadas por interferências geradas pelo sinal de operadora na Argentina. Para manter a qualidade dos serviços aos moradores da localidade, a empresa realiza investimentos constantes em sua rede na região e, desde janeiro deste ano, executa um plano de aprimoramento da qualidade dos serviços de voz e dados no município.

Como parte destes investimentos, a Vivo já realizou a implantação da rede 4G em três antenas instaladas no município e, até o mês de maio, outras três contarão com esta tecnologia, nas frequências de 1.800 e 2.600 MHz. A operadora também trabalha para ampliar a capacidade da rede 3G na faixa de 850 MHz. Das 17 obras previstas, sete já foram concluídas e dez estarão prontas até o próximo mês de julho. 

Quanto ao deferimento da liminar que determina a suspensão de vendas de novas contratações em São Borja, a Vivo informa que cumprirá a determinação judicial e que tomará as medidas cabíveis. 

Vivo/Assessoria de Imprensa

Tribunal de Contas pede esclarecimentos à Prefeitura sobre concurso público realizado em 2015

O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul fez um levantamento no ano passado e apontou algumas situações que poderiam estar irregulares com relação ao concurso público realizado pela Prefeitura de São Borja no ano de 2015.

O órgão fiscalizador entendeu que a correção dos cartões-resposta de 65 candidatos evidenciou erros e inconformidades que levaram a Prefeitura a homologar listagem de classificação final dos candidatos aprovados que não corresponde fielmente às notas obtidas pelos candidatos. 

O Prefeito Eduardo Bonotto com o objetivo de esclarecer os fatos e corrigir possíveis equívocos, solicitou à empresa Fundatec que preste com a maior brevidade possível as informações referentes ao caso.

Fonte: Decom/Prefeitura

Pagamento do IPTU vence no final de março

Em função da demora na confecção dos carnês que serão enviados aos contribuintes, a secretaria municipal da Fazenda promoveu alterações nas datas de vencimento do Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU 2017.

Agora a data limite para pagamento de cota única ou da primeira parcela, no caso de parcelamento, é o dia 30 de março.

Junto com o IPTU, que está sendo reajustado em 7,17% em relação ao imposto pago em 2016, será cobrada a Taxa de Coleta de Lixo. A última das dez parcelas do imposto deverá ser paga no dia 28 de dezembro, e quem pagar à vista este ano terá desconto de 20% no IPTU e 35% na Taxa de Lixo.

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: folhadesaoborja@gmail.com

assinatura