• Guia

Estacionamento rotativo começa a funcionar na próxima semana

Já está quase tudo pronto para ativação do estacionamento rotativo em São Borja. As demarcações dos locais de funcionamento do serviço no centro da cidade estão sendo finalizadas.

Para a primeira etapa da implantação do sistema na cidade, serão contratados 10 monitores. Ao todo, serão disponibilizadas 700 vagas. Até o mês de março o sistema estará implantado em todos os locais que compreende o quadrilátero das Ruas Eddie Freire Nunes, Andradas, Engenheiro Manoel Fagundes e Bento Martins.

O sistema denominado de área azul funcionará de segunda a sexta-feira das 08h30m ao meio dia e das 13h30m às 17h30m, também aos sábados das 08h30m às 12 horas. A exceção fica aos domingos, feriados e pontos facultativos, onde não será cobrado nenhuma taxa para estacionar.

O estacionamento rotativo começa a funcionar na segunda-feira (27).

Definida a data do Carnaval de Rua em São Borja

Está definida a data para o carnaval de rua em São Borja. Novamente quatros escolas de samba estarão desfilando na avenida.

Depois de reunião realizada entre comissão organizadora e órgãos de segurança da cidade, ficou definido que o desfile irá acontecer no dia 13 de fevereiro. Através de sorteio a ordem de apresentação ficou a seguinte: Vai Vai; Unidos pela Ponte; Asa Branca; Mociviu.

Ainda como parte da programação oficial do Carnaval 2015, as escolas de samba realizam apresentação no dia 31 de dezembro, às 21hs, no Cais do Porto.

Moradores do Condomínio Maria Cristina continuam desabrigados

Será entregue nesta quarta-feira (21) a documentação de solicitação para o pagamento do aluguel das famílias do Condomínio Maria Cristina que estão desabrigadas. Nos próximos dias deve ser divulgado oficialmente o nome da empresa que vai realizar a reforma do local.

A documentação dos moradores será encaminhada para Porto Alegre, onde representantes da Caixa Econômica Federal irão receber e avaliar cada uma das situações. Um levantamento será realizado em três diferentes imobiliárias, para que possa acontecer a definição do valor que será repassado para as famílias.

O blocos M, J e I foram interditados, depois que parte das telhas foram arrancadas e a estrutura do local ficou comprometida. No total, 20 apartamentos ficaram prejudicados, retirando de casa 90 famílias.

Ventos causam transtornos em São Borja e região

A chuva e os ventos da madrugada desta terça-feira (20) deixaram algumas pessoas sem energia elétrica em São Borja. A Fepagro registrou ventos 86 Km/h no município.

Na cidade, 1.114 clientes ficaram sem luz, segundo a AES Sul. O local mais atingido foi o bairro do Passo e no interior a BR 287, Nhú-Porã e Conde de Porto Alegre.

Na região, algumas cidades também foram prejudicadas. Em Itaqui, 7.400 clientes ficaram sem energia elétrica.

Reunião vai definir futuro do atendimento pelo SUS no Hospital Ivan Goulart

Será realizada nesta terça-feira (20) a reunião definitiva entre Fundação Ivan Goulart e Prefeitura. Apesar das negociações ainda estarem acontecendo, atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) continuam sendo realizados.

No último encontro, que aconteceu na semana passada, a Prefeitura fez a proposta de aumentar em 10% o valor de pagamento pelos serviços prestados. Mas o diretor do Hospital, Marcelo Borges, afirma que na verdade o valor representa apenas 4% de aumento.

Estão confirmados para o encontro representantes do Hospital Ivan Goulart, Prefeitura, Ministério Público e Câmara de Vereadores.

Crise na Fronteira: Reunião será realizada para discutir situação

Nesta segunda-feira (19) será realizada reunião para discutir a situação do Centro Unificado de Fronteira. Representantes de vários setores já confirmaram presença.

A Associação Comercial e Industrial de São Borja (Acisb) está organizando o encontro que terá a presença da Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores e Receita Federal. Na oportunidade serão discutidas as questões relativas à diminuição no movimento, principalmente de cargas, na fronteira entre Brasil e Argentina.

Segundo a Mercovia, empresa concessionária dos serviços fronteiriços, até o momento, o movimento diminuiu 40% nos 12 primeiros dias de 2015. O vice-presidente da Acisb, Pedro Quoos, destaca que existe preocupação com possíveis novas demissões. Somente no ano passado foram registradas, em média, 160 demissões no Centro Unificado de Fronteira. Quoos afirma que existe apreensão, principalmente relacionadas aos prejuízos que o fato pode trazer para a economia local.

A reunião acontece a partir das 17hs.

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura