• Guia

Carnaval2015: Escolas de samba desfilam nesta sexta-feira

Já está tudo certo para o desfile das escolas de samba em São Borja. Estrutura na Avenida Venâncio Aires começa a ser montada nesta quinta-feira (12).

Na última reunião realizada antes do evento, que aconteceu na Secretaria de Turismo e Eventos, ficou definido que as Escolas terão direito a uma arquibancada com 250 ingressos para comercialização. O valor dos ingressos que poderá ser cobrado fica a critério das entidades e a arrecadação servirá como ajuda de custo. O restante dos espaços serão gratuitos para a população.

O tempo de apresentação para cada escola de samba será de 60 minutos. Na premiação o 1° lugar recebe R$ 9 mil, o 2° vai ganhar R$ 7 mil, o 3° lugar recebe R$ 5.500 e o 4° lugar R$ 4.500.

Os jurados serão Tiago Reiss, Fabiana Schimainski, Mariano Garay, Amigo Souza e Lorena Cossetin.

Serviço

Quando: Sexta-Feira, 12 de fevereiro
Onde: Avenida Venâncio Aires
Horário: 22hs
Ordem de Apresentação: Vai Vai, Unidos pela Ponte, Mociviu e Asa Branca

Comércio em São Borja ainda não recebeu extintores tipo ABC

Mesmo com a prorrogação do prazo para a substituição dos extintores, tipo ABC, o comércio ainda encontra dificuldades em disponibilizar o equipamento. O problema seria a falta de pó químico nas fábricas e por isso o repasse estaria atrasado. O comércio, em São Borja, já estima prejuízos já que em uma das lojas o pedido de compra foi realizado em setembro e até o momento não foi recebido. Em outro estabelecimento o último lote chegou no mês de janeiro.

As fábricas estipulam ao comércio um prazo de 400 dias, a partir da data de compra, para o recebimento de novos lotes. Os extintores estão sendo vendidos a R$ 90 e a data final para a substituição da carga de pó BC por ABC vai até 1º de abril.

Serviços de táxi foram discutidos na Câmara de Vereadores

Foi realizada na terça-feira (10) na Câmara de Vereadores a primeira discussão do projeto que estabelece novas regras para concessão do serviço de táxi em São Borja. O Tribunal de Contas do Estado definiu como inconstitucionais os contratos existentes na cidade.

Vários municípios gaúchos foram apontados pelo Tribunal de Contas. O argumento principal é que não aconteceram mais licitações para os taxistas. Com isso, o serviço em vários casos é passado de pai para filho.
Em 2014, um projeto de lei chegou a ser encaminhado pelo Legislativo para Palácio João Goulart, mas depois foi retirado, diante de pressões da categoria dos taxistas. A previsão é que seja aprovado um prazo de dez anos para que aconteça a adequação dentro das novas regras.

Durante as discussões, o vereador André Dubal (PP) destacou que vai realizar uma solicitação de ampliação desse prazo para 20 anos.

Já o vereador Carmelito do Amaral (PT), também durante a sessão, destacou que deve ser cumprida a indicação do Tribunal de Contas de 10 anos para adequação dessa normativa.
O projeto agora será levado para segunda discussão e votação.

Preço de gasolina não está prejudicando a venda de carros em São Borja

O aumento da gasolina não está refletindo na comercialização de veículos em São Borja. Valores relacionados aos impostos são considerados os principais fatores para alterações no mercado de novos e usados.

Em janeiro, o valor da gasolina subiu em média de R$ 3,15 para R$ 3,45 na cidade. Apesar disso, Antero Barroso Filho, gerente de uma empresa de veículos usados, informa que isso não está prejudicando a realização de novos negócios: "Apesar da reclamação ser geral, isso não está afetando nossas vendas. Em janeiro tivemos um crescimento de 20% nas vendas, se comparado com o mesmo mês do ano passado".

Em contra partida, o setor de 0 Km está enfrentando muitas dificuldades para realizar novos negócios. Só que a elevação no valor da gasolina não é apontando como fator determinante para isso. José Luiz Gattiboni, gerente de uma empresa de veículos, destaca que são outras as preocupações: "Neste ano tivemos o retorno ao patamar normal do IPI e isso impactou as vendas. Agora em janeiro tivemos uma queda de 30% na comercialização".

Serviços de taxi serão discutidos na Câmara de Vereadores

Começa a ser discutido nesta terça-feira (10) na Câmara de Vereadores o projeto que estabelece novas regras para a concessão do serviço de táxi em São Borja. O Tribunal de Contas do Estado definiu como inconstitucionais os contratos existentes na cidade.

Vários municípios gaúchos foram apontados pelo Tribunal de Contas. O argumento principal é que não aconteceram mais licitações para os taxistas. Com isso, o serviço em vários casos é passado de pai para filho.

Em 2014, um projeto de lei chegou a ser encaminhado pelo Legislativo para Palácio João Goulart, mas depois foi retirado, diante de pressões da categoria dos taxistas. A previsão é que seja aprovado um prazo de dez anos para que aconteça a adequação dentro das novas regras.

Esse prazo é o mesmo que está sendo proposto pela maioria das cidades da região.

Conselho Tutelar realiza fiscalização no Cais do Porto

O Conselho Tutelar de São Borja realizou durante o 48° Festival de Músicas para o Carnaval Apparício Silva Rillo trabalho de orientação sobre a proibição da venda de bebidas alcoólicas e cigarros para menores. Fiscalização é baseada no Estatuto da Criança e Adolescente.

Os conselheiros tutelares realizaram plantão especial desde o primeiro dia do festival. Durante as três noites não foram registradas ocorrências ou flagrantes, relacionadas com a fiscalização.

Folhetos explicativos sobre a lei foram distribuídos ao público e cartazes colocados em todos os bares do Cais do Porto.

Segundo a Lei 8.069/90, Art. 243, "vender, fornecer ainda que gratuitamente, ministrar ou entregar, de qualquer forma, a criança ou adolescentes, sem justa causa, produtos cujos componentes possam causar dependência física ou psíquica, ainda que por utilização indevida" é proibida.

A pena é detenção de dois anos a quatro anos ou multa.

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura