• Guia

Vale a pena ler a carta que Nico Fagundes e seus cavaleiros mandaram para o superintendente da Receita Federal agradecendo a atenção que receberam.

OF. N° 265/90
Porto Alegre, 16 de julho de 1990

Ilustríssimo Senhor
ANTONIO GILBERTO DA COSTA – M. D. Superintende da RECEITA FEDERAL

Senhor Superintendente:
É nosso prazer é nosso orgulho elevar até Vossa Senhoria o resultado positivo da promoção do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore "Cavalgada Internacional da Paz".
Ao longo de 704 km, desde Alegrete a Assunción, vinte cavalarianos gaúchos espalharam aos povos de três países do Conesul da América uma mensagem de integração efetiva, de fraternidade e de paz. No Rio Grande do Sul, desde Alegrete até

São Borja; na Argentina, desde Santo Tomé até Posadas e no Paraguai, desde Encarnación até Assunción, os Cavaleiros da Paz - como foram chamados - mereceram a hospitalidade, o carinho e o aplauso da gente humilde dos ranchos e dos fazendeiros mais apoderados, dos pequenos alunos e professores de escolas de beira de estrada às mais altas autoridades municipais e provinciais, dos jornalistas aos tradicionalistas, todos manifestaram a uma voz sua admiração pela façanha dos gaúchos rio-grandenses.

Falamos em português ou espanhol - eventualmente com frases em guarani - em Centros de Tradições Gaúchas, em colégios e auditórios, à beira da estrada e em praças públicas transmitindo os objetivos da grande marcha.

Vencemos a inundação nos três Países, atravessando o rio Uruguai com 16m acima do seu nível, saindo de uma rua do Passo de São Borja e ancorando em outra rua quase no Centro de Santo Tomé. Vencemos uma tormenta que nos destruiu o acampamento ainda no Brasil, cavalgamos dias a fio abaixo de chuva e vento, quebramos geada a pata de cavalo, tivemos homens lesionados e cavalos rendidos - mas chegamos lá.

E merecemos a mais calorosa acolhida por parte da Embaixada do Brasil em Assunción. E regressamos exaustos e felizes, orgulhosos do dever cumprido.

E se isso foi possível, Senhor Superintendente, muito se deveu a Vossa Senhoria e eficientes assessores, notadamente em São Borja. Jamais esqueceremos a boa vontade e a presteza com que foram superadas questões burocráticas e técnicas.

Gostaríamos que Vossa Senhoria determinasse chegar ao conhecimento de seus subordinados em São Borja a nossa gratidão.
Mil gracias, Senhor Superintendente!

ANTONIO AUGUSTO FAGUNDES
Diretor Técnico
Comandante da Cavalgada Internacional da Paz

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura