• Guia

Lucineia Maciel Hoffman, 31 anos, foi morta com cinco tiros na frente dos três filhos, em sua casa, no domingo, dia 27, em Uruguaiana. O principal suspeito é o ex-companheiro dela, que não aceitava o fim do relacionamento, segundo a Polícia. A vítima tinha medida protetiva concedida recentemente pela Justiça.

"No dia 7 de maio ela foi até a delegacia registrar ocorrência. Ele havia ameaçado ela de morte", diz a delegada Caroline Bortolotti Huber, responsável pela investigação.

No dia seguinte, a medida protetiva foi concedida, mas o juiz não encontrou o homem para intimá-lo a comparecer a uma audiência. "Foi concedido também mandado de busca e apreensão da arma que ela dizia que ele tinha, foi cumprido o mandado no trabalho dele, mas lá informaram que ele não estava indo ao serviço", acrescentou a delegada.

O homem era foragido do regime semiaberto e cumpria pena por roubo, mas voltava ao albergue desde o dia 7 de maio, segundo a delegada. O suspeito é procurado pela polícia, que ainda não tem pistas de seu paradeiro.

Por Gelci Saraiva

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura