No início do mês, a 13ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou um relatório sobre contrabando de agrotóxicos. De acordo com a PRF, esse tipo de crime cresceu 38% entre 2018 e 2019 na Fronteira Oeste.

 

Nos primeiros oito meses deste ano, foram apreendidos 619 quilos entre as cidades de Alegrete, Itaqui e Barra do Quaraí.

 

Já em agosto, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão nos municípios de São Borja e Bozano, segundo a apreensão de 96 quilos de agrotóxicos que aconteceu em outubro de 2017.

 

O contrabando de agrotóxicos é enquadrado como crime ambiental, com multas que variam entre R$500 a R$2 milhões.

Fonte: Correio do Povo

Por: Carolina Rodrigues

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura