A presidente Dilma Rousseff, acusada de ter cometido crimes de responsabilidade fiscal, foi condenada na tarde de ontem pelo plenário do Senado. Dos 81 senadores, 61 votaram pelo impeachment da agora ex-presidente.

Após a votação pelo impeachment, os senadores votaram para decidir se Dilma devia ficar inelegível e impedida de exercer qualquer função pública por oito anos. Na votação, 42 senadores se posicionaram favoráveis à inabilitação e 36 contrários. Outros três senadores se abstiveram.  Para que ela ficasse impedida de exercer cargos públicos e inelegível, eram necessários 54 votos favoráveis.

Michel Temer, vice de Dilma, tomou posse como presidente da República ontem depois da votação.

Por Letícia Beilfuss

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura