Na manhã desta sexta-feira, dia 11, a Polícia Federal iniciou uma operação para investigar se o senador Fernando Collor teria participado de leilões públicos para esconder recursos de origem suspeita. De acordo com a investigação, as práticas envolveriam um valor referente a R$ 6 milhões, obtidos de forma ilícita desde 2010.

 

A ação, batizada de Arremate, foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, tendo como objetivo combater práticas de lavagem de dinheiro relacionadas a leilões de imóveis nas cidades de Maceió (AL) e Curitiba (PR).

 

O senador e ex-presidente, em sua rede social, afirma não ter nenhum tipo de envolvimento com tais práticas. Ele também diz estar “indignado” com tal situação.

Fonte: G1/Revista Fórum

Por: Erika Dal’Carobo

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura