Depois de colher 40% da lavoura de trigo no Rio Grande do Sul, de um total de 913 mil equitares, a Emater calcula que somente 20% tenha qualidade adequada para a produção de farinha.

O motivo é a adversidade climática, como geada e granizo que tem afetado o estado nos últimos meses. A projeção inicial de colheita foi reduzida para 1,8 milhão de toneladas, uma queda de 50%, pelo menos.

Os técnicos da Emater ressaltam que, além do menor volume de trigo colhido, a qualidade do grão é bastante abaixo do padrão. Para produzir pão, o cereal tem que apresentar PH de 78 pontos no mínimo, mas na maioria dos casos o desempenho fica entre 70 e 72 pontos.

Em São Borja, as lavouras colhidas mais tarde apresentam melhores resultados, mas no geral o rendimento é muito variado e abaixo do normal, devido ao clima. O valor comercial do produto mais afetado cai para a metade do normal.

É o segundo ano consecutivo de frustração na safra tritícola, o que significa necessidade de mais importações.

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua Riachuelo, 928 - Centro São Borja,RS - 97670-000
Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: folhadesaoborja@gmail.com

assinatura