• Guia

O grande número de casos de abigeato registrados em São Borja nos últimos meses está causando muitas preocupações aos pecuaristas. No último sábado (5) aconteceu uma reunião no Sindicato Rural de São Borja para debater ações estratégias contra o abigeato.

Nesta manhã no programa Atualidades da Rádio Fronteira FM, o Presidente do Sindicato Rural, Viriato João Jung Vargas, mostrou a sua preocupação com os fatos destacando os problemas na área de segurança, principalmente, a falta de efetivo no Rio Grande do Sul. Ele entende que neste momento é necessária a união entre os pecuaristas, para que ações mais rápidas sejam efetivadas.

No sábado, durante a reunião, o Tenente Coronel da Brigada Militar, Edson Damião, destacou a retração da Brigada Militar que em um ano perde cerca de mil homens que se aposentam ou vão embora. Um dos motivos para a defasagem também está relacionada a operação golfinho que remanejou ao litoral 15 policiais da cidade de novembro a março.

Em São Borja, são 80 homens trabalhando no policiamento, mas em 4 anos foram perdidos 25 por aposentadoria. Já na região da fronteira houve uma perda de 40 temporários. Hoje, a carência de policiais na cidade chega a 60%. Neste ano a equipe da BM pode perder 18 homens temporários ou que estão prestes a se aposentar, de acordo com informações repassadas pela assessoria de imprensa do Sindicato Rural.

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura