A área plantada de trigo para a safra 2019 no Rio Grande do Sul aumentou. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Estado deve cultivar 736 mil hectares do principal cereal de inverno. O número representa um aumento de 8% em relação à safra 2018.

 

A produção, segundo o levantamento, deve ficar em quase 2 milhões de toneladas, o que representa alta de 5% sobre o último ciclo.

 

O plantio do trigo cresceu principalmente na região Central do Estado, como nos municípios de Júlio de Castilhos e Tupanciretã. 

 

O aumento do plantio de trigo no Rio Grande do Sul, que nos quatro últimos anos apresentou queda, se deve principalmente pelo preço da saca que está cotada em R$ 40,00.  Em 2018, o valor médio era de R$ 37,00. 

 

O Rio Grande do Sul é  o maior produtor de trigo do Brasil. Em 2018, das 220 mil toneladas que o país exportou, 99% saíram do Estado. As Filipinas são o principal destino do trigo gaúcho. 

 

Embora exporte, o Brasil não é autossuficiente na produção do grão, tendo que importar grandes cifras para suprir a demanda do mercado interno. No último ano, só o Rio Grande do Sul importou 319 mil toneladas, mais do que exportou. 

Fonte: Correio do Povo e GaúchaZH

Por: Daniel Campos

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua General Osório, 2341/Sala 1 - Centro São Borja,RS - 97670-000

Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura