A importância da vacinação em dia, mesmo na pandemia

 

As recomendações para isolamento e distanciamento social impostas pela pandemia de COVID-19, o medo da população de se expor ao vírus e outros fatores estruturais levaram a uma importante redução na procura pela vacinação em 2020, intensificando um movimento de queda de coberturas verificado no Brasil desde 2020. O cenário resultou em um grande contingente de crianças em atraso com seus calendários vacinais.

Mesmo em isolamento social, o atraso na vacinação gera riscos. Entre janeiro e outubro de 2020, mais de 8.000 casos de sarampo foram confirmados no Brasil.

Com a perspectiva de retorno das atividades em escolas e creches, as baixas coberturas podem trazer consequências epidemiológicas precoces e sérias, como surtos e aumento no número de casos de doenças imunopreveníveis, o que impactaria negativamente na capacidade de assistência dos nossos sistemas de saúde público e privado, já afetados pela COVID-19.

Diante disso, são necessárias ações para acelerar os calendários, evidentemente respeitando as recomendações para cada faixa etária e os intervalos mínimos entre as doses de uma mesma vacina e/ou diferentes vacinas.

Sempre que possível, deve-se adotar a multivacinação (aplicação do maior número possível de vacinas na mesma visita).

Cristina Albuquerque, chefe da Área de Saúde e HIV/AIDS do UNICEF no Brasil, pondera que o medo de comparecer às salas de vacinação é compreensível no contexto atual, mas lembra que as doenças preveníveis por vacina também são extremamente perigosas e capazes de levar à morte ou deixar sequelas.

“A pandemia de COVID-19 é uma situação inédita para a nossa geração. No entanto, outras infecções graves continuam a circular. A meningite bacteriana, por exemplo, pode levar à morte em poucas horas. Não podemos nos descuidar”, alerta.

O presidente do Departamento de Imunizações da SBP e membro da Comissão Técnica para Revisão dos Calendários Vacinais da SBIm, Renato Kfouri, lembra que o Brasil já vinha de um movimento de queda progressiva nas coberturas vacinais. A consequência mais imediata foi a perda, em 2019, do certificado de eliminação do sarampo, conquistado pouco menos de três anos antes.

“A volta do sarampo foi um retrocesso inaceitável, extremamente frustrante para todos que atuaram ao longo de décadas para alcançar a conquista. Agora, temos um longo caminho a percorrer. Esperamos que a publicação venha contribuir para que o mesmo não aconteça com outras enfermidades, como a poliomielite, por exemplo”, afirma.

Cuide da caderneta de vacinação da sua família, a vacina salva vidas, cuide de quem você ama.

vacina

OTORRINOLARINGOLOGIA: O que é rinoplastia? O que é rinite?

 

O que é rinoplastia?

Rinoplastia ou plástica do nariz é a cirurgia para a correção das imperfeições estéticas ou funcionais do nariz. Na verdade, é um conjunto de diversas técnicas selecionadas e combinadas para cada efeito desejado e tipo de nariz.

A cirurgia pode ser feita com anestesia local e sedação ou com anestesia geral. Em ambos os tipos de anestesia, o regime é ambulatorial (paciente não precisa dormir no hospital e pode ir para a casa no mesmo dia da cirurgia). Normalmente é realizada em pacientes acima dos 15 anos, sendo necessário de algumas visitas ao médico para que paciente e cirurgião planejem adequadamente a cirurgia, respeitando os desejos do paciente e limitações anatômicas do mesmo.

Principais benefícios da rinoplastia:

• Melhora a autoestima e autoconfiança;

• Melhora a capacidade respiratória;

• Pouco tempo de internação hospitalar;

• Harmoniza o semblante com o equilíbrio entre o nariz e o rosto;

• Ajuda a melhorar a qualidade do sono.

O que é rinite?

Rinite é uma inflamação da mucosa nasal e dos seios paranasais, podendo causar os seguintes sintomas: obstrução nasal, coriza, espirros, prurido entre outros. Existem vários tipos de rinite, sendo mais comum a rinite alérgica. Ela pode ser sazonal (sintomas apenas em determinada época do ano) ou perene (sintomas o ano inteiro, relacionado a antígenos perenes, como ácaros e poeira). A história familiar de alergia está fortemente associada ao desenvolvimento da rinite alérgica.

O tratamento baseia-se em três pilares: higiene ambiental, tratamento medicamentoso (sprays nasais + anti-histamínicos + descongestionantes nasais) e imunoterapia.

Porém, cada paciente apresenta características diferentes, sendo o tratamento totalmente individualizado.

Procure um otorrinolaringologista.

Vicente2

 

 

Obesidade e gravidez: gestação de alto risco é um grande desafio ao obstetra

A obesidade se tornou desde meados do século passado uma epidemia e neste século um desafio; 20,7% das brasileiras são obesas.

O maior aporte calórico disponível e a baixo custo associado ao sedentarismo estão na base deste grave e complexo problema de saúde pública.

As doenças associadas, tais como diabete melito e hipertensão agravam o quadro clínico e o peso a ser sustentado pelo aparelho musculoesquelético causam deformidades articulares com degeneração de seus elementos funcionais.

A obesidade tornou-se um grande desafio ao obstetra, pois tornou-se a condição patológica mais comum encontrada na mulher em período reprodutivo.

A gestação por si só impõe ao organismo materno inúmeras e complexas alterações metabólicas como maior resistência à insulina, hormonais necessária à manutenção da gestação e imunológicas que permitem a aceitação da carga genética parenteral desconhecida, através da produção de quimiocinas resultantes da resposta inflamatória local, associa-se a este mecanismo a supressão de genes que acionam os linfócitos, deixando o feto e o tecido placentário imunes à ação dos linfócitos T.

A obesidade é considerada um estado crônico inflamatório e na gestação associa-se a um risco aumentado de óbito fetal, restrição do crescimento fetal, macrossomia fetal, malformações do tubo neural, prematuridade, sofrimento fetal, aspiração de mecônio, diabete gestacional, pré-eclâmpsia e partos distócicos (‘parto difícil’).

A avaliação da futura gestante deve iniciar com consulta pré-concepção, onde entre diversas orientações a serem dadas pelo obstetra ganha destaque, nas portadoras de sobrepeso e obesas, dieta calórica restritiva e exercício físico regular com o intuito de que a futura gestante inicie a gestação com o próprio peso mais próximo do peso ideal e índice de massa corpórea (IMC) entre 18,5 e 24,9 kg/m².

Atingir um peso saudável para quem planeja engravidar é extremamente importante e em algumas vezes difícil alcançar e a mulher pode socorrer-se de equipe multidisciplinar coordenada pelo obstetra de sua escolha, onde concorrem para o total êxito, profissionais da área da psicologia, nutrição e fisioterapia, desenvolvendo programação específica e individual.

A mudança de estilo de vida e a implementação de hábitos saudáveis à mesa permite que a futura mamãe sinta-se plena e no controle de sua vida, aumentando a autoconfiança e satisfação consigo mesma.

A gestante no seu controle ambulatorial (consultas de pré-natal) deverá ter seu peso aferido e o IMC calculado; existem tabelas recentes em que o obstetra se baseia para estabelecer critério de ganho ponderal ideal durante a gestação.

A orientação nutricional à gestação é de fundamental importância para o bem-estar da gestação e pleno desenvolvimento fetal; sabe-se que filhos de mães diabéticas ou que se tornaram diabéticas durante a gestação e não foram adequadamente conduzidas tem maior chance de desenvolver doenças metabólicas, tais como, diabete melito, dislipidemias, obesidade e doenças cardiovasculares como infarto agudo do miocárdio.

O pré-natal da obesa, da gestante diabética, da gestante que se tornou obesa e/ou diabética é considerado acompanhamento de gestação de alto-risco; hoje os protocolos de investigação e acompanhamento estão muito bem estabelecidos e constam de exames laboratoriais em cronologia adequada à idade gestacional, bem como exames biofísicos seriados onde se destaca a avaliação ultrassonográfica, medidas de fluxo sanguíneo materno e fetal que permite ao obstetra experiente fazer com que mesmo nestas circunstâncias se ter um desfecho feliz para a futura mamãe e seu filho tão desejado.

PauloBandeira

Unimed Missões/RS facilita acesso à saúde de qualidade

Para estar com os clientes em todos os momentos e cumprir seu propósito de zelar pela saúde das pessoas, a Unimed Missões/RS criou o FiZ Unimed, programa que possibilita o parcelamento de consultas, exames, internações, cirurgias, equipamentos e honorários médicos em até sessenta vezes no cartão, boleto, cheque ou débito automático, para quem é ou não cliente da cooperativa.

O FiZ Unimed está disponível para toda a área de abrangência da Unimed Missões/RS, composta por 27 cidades, incluindo o município de São Borja.

Para fazer a negociação com a cooperativa é muito fácil e simples. Basta levar o orçamento do seu produto ou procedimento de saúde até a equipe comercial da Unimed Missões/RS, determinando a parcela que cabe no seu bolso.

Em São Borja, o Escritório Regional da Unimed Missões/RS fica localizado na rua Andradas, 2115. Você também pode entrar em contato com a nossa equipe pelo telefone/WhatsApp (55) 3312-0700.

FiZ Unimed: o cuidado que você quer, do jeito que você pode.

FizUnimed

 

Provas presenciais do ENEM acontecem nos dois próximos domingos

Os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 que tiverem o diagnóstico confirmado de Covid-19, estejam aguardando o resultado ou com sintomas, poderão remarcar a data da prova, de acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O estudante deverá comprovar a informação através de um atestado médico, e enviar ao Inep. 

Além disso, o Instituto também prevê 50% de ocupação das salas para evitar a propagação do coronavírus, e salas especiais para os grupos de risco. O uso de máscara será obrigatório, desde o início até o fim da aplicação do exame. Caso se recuse, o candidato poderá ser eliminado. O Inep informou que irá disponibilizar álcool em gel nos locais de provas. Previsto originalmente para novembro, o exame foi adiado devido à pandemia, e vai ocorrer em 17 e 24 de janeiro (prova impressa) e 31 de janeiro e 7 de fevereiro (prova digital). 

Os portões dos locais de prova abrirão um pouco mais cedo para diminuir as aglomerações, a partir das 11h e 15min, e serão fechados às 13h. O início das provas será às 13h30min e o candidato só poderá sair após às 15h30min, sem o caderno de questões. Para sair com o caderno, no primeiro dia, só será permitido a partir das 18h30min e, no segundo, às 18h. O término da prova será às 19h e 18h30min, no primeiro e segundo dia, respectivamente. Para quem tem direito ao tempo adicional de 60 minutos, o encerramento será às 20h no primeiro dia e às 19h30min no segundo. Para os candidatos com tempo adicional de 120 minutos, que farão a vídeo prova em Libras, será às 21h no primeiro dia e às 20h30min no segundo. 

SÃO BORJA

As provas serão aplicadas nas Escolas Tricentenário, Olavo Bilac, Apparicio Silva Rillo, Getúlio Vargas, CESB, Padre F. Garcia e Arneldo Matter. Na cidade, estão inscritos 1957 candidatos. De acordo com a organização local do Enem, a estrutura está sendo montada com todos os procedimentos de prevenção baseados no protocolo que foi enviado pelo Inep, de proteção, distanciamento, esterilização das salas, demarcação da fila e demais protocolos para evitar contaminação.

Fonte: Rádio Fronteira FM

Coluna 'Gente e Política' por Humberto Andres

 

FLÁVIO SARTORI

I

Faleceu, no final da última terça-feira, o empresário e veterinário Flávio Campos Sartori. Ele tinha 52 anos, lutava contra uma enfermidade havia alguns anos e de uns tempos pra cá viu o quadro se agravar. Reconhecido veterinário e compositor, era muito ligado a cultura gaúcha. Fez parte do quadro diretivo do Centro Nativista Boitatá e participava ativamente de festivais musicais, tendo acumulado, ao longo dos anos, diversas premiações e deixado um acervo de cerca de mil músicas.

II

Um dos poucos frequentadores do mundo virtual que não se deixou contaminar pela toxicidade das redes sociais, começava e terminava o dia sempre da mesma forma, dando ‘bom dia’ e ‘boa noite’ à sua ‘queridagem’, como chamava seus amigos. Era conciliador e avesso a polêmicas e cultivava a empatia já há tempos, muito antes de virar a palavra da moda. Flávio deixa a esposa Luciane, os pais José e Clara, a irmã Cristiane e o cunhado José Horácio, além de sobrinhos e centenas de amigos e admiradores.

 

SEM LÓGICA

Não tem lógica a limitação de horário para funcionamento do comércio, bares e restaurantes imposta pelo governo do Estado às cidades que fazem parte de regiões que estejam sob bandeira vermelha. Pelo contrário, quanto mais se alonga o período de funcionamento de determinado estabelecimento, mais espaçado fica o atendimento aos clientes. Vale o mesmo raciocínio utilizado nas eleições, em que o horário de votação foi uma hora maior que em anos anteriores justamente com esse objetivo.

Essa limitação, além de não ter benefícios, só prejudica os comerciantes.

 

INVERSÃO

Inacreditável a conversa dos comunicadores Kelly Matos e David Coimbra no programa Time Line, da rádio Gaúcha, na última quarta-feira, em que saíram na defesa dos bandidos que aterrorizaram Criciúma. Kelly, parafraseando o comunista alemão Bertold Brecht, disse que “crime não é roubar, mas fundar um banco”, enquanto que Coimbra falou que “os criminosos tiveram respeito pelo cidadão”. Será que os milhares de empregados em bancos concordam? Será que a família do policial atingido com um tiro concorda?

Curiosamente, o programa era patrocinado pela Unicred, que já emitiu nota cancelando o contrato, juntamente com outras quatro empresas.

É assustadora a inversão de valores, principalmente quando parte de formadores de opinião.

ARMAS

O pessoal contrário à legalização do registro de armas por parte do cidadão comum aproveitou o assalto ocorrido em Criciúma para justificar sua posição. Só que duas coisas não fecham nesse raciocínio. Primeiro, criminoso não compra suas armas em lojas legalizadas, com nota fiscal. Segundo, ainda que fizesse isso, não ia conseguir esse armamento pesado utilizado no assalto, capaz de derrubar até mesmo aeronave.

Esse é no mercado negro. E sem CPF.

 

DEBOCHE

O Ministério Público do Mato Grosso gastou R$ 2,2 milhões para comprar 400 celulares de última geração, como Iphone 11, Galaxy Note 20 e Galaxy S10, para uso de promotores e procuradores de Justiça. O órgão esclareceu que “os celulares têm preços similares aos computadores, mas dispõem de ferramentas mais modernas e proporcionam mais segurança”. Conversa fiada para justificar vantagem indevida. É evidente que promotores e procuradores não vão trabalhar com o celular e que vai ter computador na mesa de cada um.

Uma classe que tem o salário inicial de cerca de R$ 28 mil pode comprar seu próprio celular.

 

SOBE E DESCE

Dentre os principais partidos do país, as siglas que tiveram mais destaque, seja para cima, seja para baixo, nessas eleições, foram o PSDB, MDB, PT, DEM e PP. O número de prefeituras do PSDB caiu de 785 em 2016 para 520, enquanto as do MDB foram de 1.035 para 784. O PT, que tinha 254, foi para 183, e ficou sem nenhuma capital. Já o DEM passou de 266 para 464, e o PP saltou de 495 para 685.

 

DERROTA

Considerando que o PP e o DEM integram o Centrão, que fazem parte da base de apoio do governo federal, e o PT é o maior adversário político de Bolsonaro, fica difícil concordar com o prognóstico de que o presidente foi o maior derrotado do pleito. Os maiores derrotados foram PSDB, MDB e PT, partidos que até pouco tempo atrás davam as cartas no país.

Expediente

Andres Editora Jornalística Ltda.
Rua Riachuelo, 928 - Centro São Borja,RS - 97670-000
Fones: (55)3431-1100 / 3431-2394
Email: [email protected]

assinatura